Posts in Category

Equador

Aprendi nos últimos anos que o melhor jeito de começar a conhecer uma cidade é fazendo um Free Walking Tour. Digo começar porque o tour é rápido, mas te dá o background histórico do lugar, te mostra os principais pontos turísticos e até dá algumas dicas bem locais de restaurantes e lojas legais pra conhecer. Depois desse primeiro passeio, você consegue voltar em tudo que é mais interessante, entrar nos museus com tempo e não perde seu tempo pesquisando tuuuuudo sobre a cidade. Isso funcionou super bem quando fomos para Berlim,

Desde cedo aprendemos nas aulas de geografia que a Linha do Equador divide o mundo nos hemisférios norte e sul, assim como o Meridiano de Greenwich separa o leste do oeste ou o ocidente do oriente. Esses marcos sempre são muito legais e, apesar de haver monumentos semelhantes em outros países por onde passa a linha, não podia deixar de buscar por ela no país que a nomeia. A Cidade da Metade do Mundo fica bem próxima a Quito e é um passeio icônico para qualquer viajante. O monumento original foi

As ruínas de Ingapirca são o mais importante sítio arqueológico do Equador, combinando a arquitetura cañari e inca. Datado do século XV, o complexo foi construído pela nação Cañari (antigo povo das províncias Azuay e Cañar) como um centro de cerimônias e convivência, mas foi posteriormente tomado pelo conquistador inca Túpac Yupanqui. Os novos ocupadores aproveitaram a construção já existente e adicionaram a ela um centro de cerimônias religiosas incas. Chegando ao complexo você vai encontrar várias lojinhas com produtos típicos, um museu e as ruínas propriamente ditas. Vale a pena

Cuenca é a terceira maior cidade do Equador com 500mil habitantes e está localizada na região serrana do país, rodeada pelos andes equatorianos, há 200km de Guayaquil e 440km de Quito. Situada há 2550m acima do nível do mar, a cidade costuma ter um clima mais ameno, com temperaturas próximas a 17 graus, semelhante ao da capital e bem diferente do litoral do país. Impressionante logo de cara, Cuenca é um dos meus estilos preferidos de cidade: histórica, cercada por montanhas (os andes equatorianos), bons restaurantes e uma arquitetura impressionante.