Os cadeados do amor em Colônia e ao redor do mundo

Os cadeados do amor ganharam a mídia com a decisão do governo francês de retirar toneladas deles da Pont des Arts em Paris. A decisão veio depois de algumas grades da ponte cairem no ano passado e ameaçarem a segurança de turistas e locais. Todos os cadeados foram retirados há cerca de um mês do local e foram instalados painéis pintados por artistas locais, que serão substituídos ainda por guarda corpos de vidro.

Os cadeados do amor são colocados por casais em grades de locais públicos (pontes, portões, fontes) para simbolizar o desejo de amor eterno. O casal escreve no cadeado os nomes ou as iniciais, normalmente acompanhados da data, fecham o cadeado e atiram a chave longe. Provavelmente o rio Sena, abaixo da Pont des Arts está lá lotado de chavinhas. Essa tradição tem se espalhado por todo o mundo principalmente a partir dos anos 2000, mas a ponte em Paris é especialmente famosa por estar localizada exatamente na cidade do amor.

cadeadosdoamor-andarcomigo-2

Vista do rio Reno sobre a ponte Hohenzollernbrücke

A questão é que os cadeados são muitas vezes entendidos como degradação, lixo ou vandalismo e rola na Europa até uma campanha para que eles não sejam colocados. Em Paris eles prejudicaram a estrutura de uma ponte com uma das melhores vistas da cidade. Em algumas outras cidades ao redor do mundo o governo local os retira antes mesmo que possam se acumular. Mas, sendo uma tradição, eu e o Lucas aproveitamos para colocar o nosso próprio cadeado em Colônia, em uma ponte sobre o rio Reno #nãomejulguem

Levamos nosso cadeado do Brasil e escrevemos com uma caneta que já estava se apagando mesmo antes de colocar na ponte. Mas fiquei impressionada com o comércio que rola de cadeados lá na região da ponte. Tem de todos os tipos, cores e formatos – e você ainda pode mandar gravar o que quiser na hora. Assim é garantido que os nomes não vão sumir com as chuvas. Então se você tiver esquecido o seu ou quiser comprar um cadeado local, vale a pena procurar nessas lojinhas na beirada do rio. A ponte dos cadeados em Colônia é a Hohenzollernbrücke, onde passam trens e metrôs, bem pertinho da estação central e da catedral.

cadeadosdoamor-andarcomigo-3

Nosso cadeado <3

Mas não é só em Colônia que você consegue encontrar os cadeados do amor. Na Espanha eles podem ser encontrados em Sevilha, na ponte sobre o Rio Guadalquivir. Em Nova York, nos Estados Unidos, eles estão na Brooklyn Bridge. Em Seoul e Busan, na Coreia do Sul, também estão presentes, muitas vezes acompanhados de plaquinhas com declarações ou fatos marcantes do casal. Tem cadeado também em Huangshan e Mount Tai, na China. Na Alemanha, além de Colônia, eles também podem ser colocados em Fussen, cidade em uma das extremidades da Rota Romântica, e na ponte Eiserner Steg, em Frankfurt. Na Itália os cadeados podem ser colocados em Nápoles, Lombardi, Veneza, Florença e Roma. Também dá pra eternizar seu amor em Montevidéu (Uruguai), Londres (Inglaterra), Dublin (Irlanda), Praga (República Tcheca), Maspalomas (Ilhas Canárias), Moscou (Rússia) e Breslávia (Polônia).

cadeadosdoamor-andarcomigo-1

Ponte Hohenzollernbrücke, em Colônia

Fonte de Consulta: Cadeados do Amor – Onde encontrá-los. Momondo.

Tássia Rabelo

Oi! Meu nome é Tássia, tenho 25 anos e sou aquariana. Minha paixão por viajar veio cedo. Meus primeiros passos foram em uma viagem pra praia e ainda criança aprendi que dormir em uma barraca é normal, ouvir idiomas esquisitos é incrível e conhecer gente diferente é melhor ainda! Sou de Belo Horizonte e apaixonada por Minas Gerais e pelo meu Brasil, mas já morei em alguns outros lugares pelo mundo. Adoro fotografar, ler, fazer projetos manuais, cozinhar, assistir seriados, pesquisar sobre coisas aleatórias, me perder no mundo da internet e ouvir podcasts.

2 Discussion to this post

  1. Marina disse:

    Também não deixarei a tradição passar em branco. hahaha… colocarei o meu em Veneza! x)

Comments are closed.