Monthly Archives

abril 2014

As atividades disponíveis no Vale Verde Alambique e Parque Ecológico, localizado em Betim/MG, parecem ser inacabáveis! E mesmo com tanta agitação, o clima do lugar dá uma sensação de tranquilidade tão grande, que nos deixa com a vontade de sentar em um banquinho e curtir o clima gostoso. As opções de entretenimento podem ser divididas em categorias, que muitas vezes demandam pagamentos extras. Vamos entender: Aventura Nessa categoria estão inclusas atividades como tirolesa, waterball, x-bike e bungee trampolim, destinadas a adultos e crianças a partir dos três anos de idade.

O próximo post vai contar tudo para vocês a respeito da locação dessa foto: o Parque Vale Verde, em Betim! Vocês conhecem? É uma ótima opção para um programa familiar, já que tem opções para toda família. Nikon D5100 | Objetiva 18-105mm f3.5-5.6 | Diafragma 5.6 | Velocidade 1/160 | 105mm No Vale Verde as aves são mantidas em viveiros com grades, o que pode dificultar a tarefa de fotografá-las. É essa a dica que quero dar hoje: Como fazer as grades desaparecerem? É muito simples e basta que que você

Contei um pouquinho de Lapinha e seus atrativos naturais na semana passada, lembra? Hoje eu vou falar sobre as opções de restaurantes do vilarejo, com suas particularidades, atendimento espetacular e opções de refeições. Ficamos no Camping Bromélias, que teoricamente deveria servir café da manhã, mas justamente naquele final de semana eles não ofereceram o serviço. Logo que chegamos, na sexta à noite, nos avisaram e recomendaram o café no Cutuca Cuia e essa foi nossa primeira opção para o sábado. No Cutuca Cuia eles servem pão com ovo (requeijão, queijo, manteiga e

Essa última semana foi uma confusão: finalizando um módulo do curso de fotografia da Escola de Imagem e alguns projetos do de Fotografia Autoral da UFMG, arrumando duas malas, providenciando ienes e dólares, organizando a documentação e fechando os últimos aspectos do meu roteiro de viagem pelo Japão com a Naya, além de fazer comprinhas pro feriado na praia! Ufa! Não sei se vocês notaram ali no mapinha novo que fala por onde eu ando, mas hoje é meu último dia em Búzios (posts em breve!) e amanhã eu já

Resolvi aproveitar esse espaço para falar sobre um curso de extensão que estou fazendo na Faculdade de Belas Artes da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais), com muitas imagens pra ilustrar! O curso se chama Fotografia Autoral: Projetos e Ensaios e quero falar dele pelo simples motivo de que nada desse tipo tinha mexido tanto comigo quanto esse curso. O professor, Gui Machala, propõe atividades diferentes e que mexem com os nossos sentidos, sentimentos, intelecto. Na primeira aula, por exemplo, fomos vendados, contamos nossas memórias, compartilhamos experiências. Na segunda, já com a

Lapinha da Serra, aqui em Minas Gerais, tem sido cada vez mais popularizada como um destino turístico para quem gosta de natureza e tranquilidade. Parte do Circuito Serra do Cipó, o vilarejo abriga cachoeiras incríveis, é o início da famosa travessia que leva até Tabuleiro (terceira maior cachoeira do Brasil) e ainda mantém um clima meio mágico. Tudo por lá funciona em um ritmo diferente: ao entrar em um restaurante, chegue logo até a cozinha, dê bom dia e peça pelo que você está procurando. O atendimento é excelente e

A foto dessa semana é no Mercado Central de Belo Horizonte, ponto de visita obrigatório de quem vem à cidade. Lá você pode encontrar artesanato, frutas, butecos, restaurantes, doce de leite artesanal e muito queijo mineiro! No final de semana fica lotado e se você quiser andar com calma, recomendo chegar bem cedinho! Nikon D610 | Objetiva 50mm f1.8 | ISO 3200 | Diafragma 5.6 | Velocidade 1/200 ​Existem duas grandes dificuldades em fotografar no Mercado: a baixa luz e grande quantidade de elementos. Como vocês podem ver, contornei a luz baixa com um ISO bem alto: 3200. Minha câmera suportou

1 2 Page 1 of 2